Categoria: Edição 1/2016 (Página 1 de 2)

q

E nem é difícil

A REA viajou mais de 3.500 quilômetros para descobrir a fórmula de sucesso das melhores escolas adventistas no Enem

O ano de 2007 ficou marcado como o início da padronização do ensino no nível médio da rede adventista. O Sistema Interativo de Ensino (SIE), organizado e editorado pela Casa Publicadora Brasileira (CPB), foi concebido sob orientação da Divisão Sul-Americana para que todos os colégios da rede no Brasil tivessem um currículo unificado.

Ler mais

revista-escola-adventista_29_09_2016_blog

Vibrações do passado

A mais nova descoberta da ciência apresenta outras formas de ver o universo e exige diferentes maneiras de ensinar astronomia em sala de aula

O dia amanhecera com poucas nuvens e um sol envergonhado. Era outono em Livingston, Louisiana (EUA), e o calor já não incomodava. Andar bons quilômetros até chegar ao centro de observação era compreensível para quem trabalhava lá, afinal, se fazia necessário estar longe de tudo que pudesse causar ruído ou vibração. Mas o clima pouco importava, pois, o dia de trabalho no LIGO se passava inteiramente dentro dos grandes laboratórios.

Ler mais

ret

Literatura nossa de cada dia

A ficção permeia o cotidiano humano e tem a capacidade de alcançar de forma singular a vida e o imaginário social

A literatura tem seus encantos. Quando escrevo o nome literatura, refiro-me à ficção narrativa. O professor de qualquer matéria tem em mãos uma ferramenta poderosa para elevar o interesse e a atenção do aluno para o conteúdo da aula. Antes de mostrar o poder da ficção, preciso escrever sobre um incômodo relativo à literatura nas escolas confessionais. Sempre me perguntam se a literatura influencia as crianças, os adolescentes e jovens. A pergunta vem permeada de preocupação, querendo significar que o enredo lido captura a vida do incauto leitor deixando-o sem consciência para tomar as decisões corriqueiras.

Ler mais

sdfhsg

Inclusão no espaço escolar

Ações pedagógicas para um ensino de qualidade a alunos público-alvo da educação especial

Foi a partir de 1994, com a Declaração de Salamanca, que a temática da inclusão norteou novos rumos para a educação especial ao buscar reafirmar o direito à educação de todos os indivíduos tal como inscrita na Declaração Universal dos Direitos do Homem em 1948. As duas declarações destacam a questão dos direitos humanos e defendem que não se pode segregar nenhuma pessoa em decorrência de sua deficiência ou dificuldade de aprendizagem.

Ler mais

ok

Jogos educativos

Quando a escola promove competições deve se considerar que, acima de tudo, aquele é um momento de aprendizagem

Na Grécia antiga era difícil manter a paz entre as cidades, entretanto por ocasião dos jogos, para garantir a segurança dos atletas, as guerras eram interrompidas promovendo a união no mundo grego. Além disso, a competição era considerada um evento especial de significado religioso, político e esportivo, que servia para a valorização do corpo capaz de resistir todas as formas de competição, sendo a beleza do mesmo tão importante quanto o intelecto.

Ler mais

DCGVS

Visto para ser lembrado

Práticas simples de marketing podem fazer grande diferença para a imagem da sua escola

A realidade escolar é feita de pessoas que se relacionam a todo instante. Construir laços através do ambiente educacional é, naturalmente, um fator relevante para formar boas impressões nos clientes: pais e alunos. Muitas instituições escolares conseguem estabelecer uma imagem positiva. Outras não. Talvez por isso seja preciso organizar-se de forma técnica e eficiente para perpetuar a boa imagem da escola.

Ler mais

Página 1 de 2

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén